VÍDEODANÇAS

Fichas técnicas e sinopses das videodanças exibidas na 1ª edição do Festival no Brasil (2019)

1ª Mostra de Vídeos - Sexta, 24 de maio, 20h

fora do chão
off ground

2013, Holanda, 12 min

Direção / Directed by: Boudewijn Koole

Produção / Produced by: Iris Lammertsma

Coreografia / Choreography by: Jakop Ahlbom

Apresentando / Featuring: Jakop Ahlbom

Elenco / Dancing by: Louise Lecavalier, Antoine Masson

Música / Music composed by: Alex Simu

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Melle van Essen

Edição / Edited by: Boudewijn Koole

Mulher e menino, mesa e cadeira, parede e água - um dueto simples e poderoso.

 

lugar comum
Ordinary Place

2018, Brasil, 2 min

Direção / Directed by: Pedro Krull

Produção / Produced by: Bagaceira

Coreografia / Choreography by: Claudemir Santos

Apresentando / Featuring: CEPEC AL

Elenco / Dancing by: Aldine de Souza, Claudemir Santos, Fayonnir Cabral, Tauan Pita

Música / Music composed by: Paul Desmond

Intérprete / Music performed by: The Dave Brubeck Quartet

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Pedro Krull, Joaddan Campos, Octávio Lemos

Edição / Edited by: Pedro Krull

 

Lugar Comum é uma variável entre tempo e espaço. O lugar que você ocupa, não é o mesmo em que o outro está. Mas com o advento do tempo, o espaço se mescla e quem estará lá não será mais você. O tempo muda e o lugar volta a ser seu. Lugar Comum, pessoas diferentes.

Julieta, julieta e julieta
Juliet, Juliet & Juliet

2017, Suécia, 9 min

Direção / Directed by: Giovanni Bucchieri

Produção / Produced by: Isabella Rodriguez

Coreografia / Choreography by: Giovanni Bucchieri

Elenco / Dancing by: Ana Laguna, Stina Ekblad, Giovanni Bucchieri

Música / Music by: Stefan Levin

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Kristoffer Jönsson

Edição / Edited by: Viktor Skogqvist

 

A dançarina Ana Laguna, a atriz Stina Ekblad e o coreógrafo e diretor Giovanni Bucchieri unem forças nesta história expressiva sobre um encontro inesperado.

Mira

2018, Brasil, 7 min

Direção / Directed by: Inês Bogéa, Luciano Cury

Produção / Produced by: João Marcello Bôscoli

Coreografia / Choreography by: Milton Coatti

Apresentando / Featuring: São Paulo Companhia de Dança

Elenco / Dancing by: Ammanda Rosa, Ana Paula Camargo, Ana Roberta Teixeira, André Grippi, Beatriz Hack, Daniel Reca, Geivison Moreira, Letícia Forattini, Luiza Yuk, Matheus Queiroz, Michelle Molina, Nielson Souza, Otávio Portela, Renata Peraso e Vinícius Vieira

Música / Music composed by: Winter 3, Max Richter Recomposed (Vivaldi - The Four seasons)

Intérprete / Music performed by: Max Richter, Daniel Hope

Cineasta / Filmmaker: Panogramma

Mira foi concebida a partir da possibilidade de ser assistida em 360 graus, trazendo o espectador para dentro da coreografia, numa experiência imersiva sensorial. É a uma nova percepção sobre o olhar para a dança, que coloca o público como parte integrante do trabalho. O nome remete a estrela Mira, uma gigante vermelha das mais brilhantes da constelação Cetus, que muda a aparência de forma significativa em ciclos de 304 a 353 dias. Também remete ao verbo “mirar”, do latino “miro”, que significa ver, olhar com espanto ou intensamente ou longamente à distância, admirar-se.

feminicídio
feminicide

2018, Brasil, 6 min

Direção / Directed by: Guilherme Pinheiro

Produção / Produced by: Kleber Pessolato

Coreografia / Choreography by: Jonathan dos Santos

Apresentando / Featuring: Galeria Produções

Elenco / Dancing by: Luiza Yuk e Pablo Octávio

Música / Music composed by: Kai Engel

Cineasta / Filmmaker: Guilherme Pinheiro

 

Em 2015 foi sancionada a Lei do Feminicídio no Brasil, país que ocupa a 7ª posição entre os mais violentos para as mulheres. Esse vídeo visa conscientizar e dar voz às mulheres que já se calaram há muito tempo pelo medo.

Marcialidade, Não Luta
Martiality, Not Fighting

2012, China, 11 min

Direção / Directed by: Marianne M. Kim & Cheng-Chieh Yu

Produção / Produced by: Siu-Fai Pun & Raymond Wong

Coreografia / Choreography by: Cheng-Chieh Yu

Apresentando / Featuring: Guangdong Modern Dance Company

Música / Music by: Christian Fredrickson

Cineasta / Filmmaker: Marianne M. Kim

 

Combinando as expressões de movimento da dança pós-moderna e da cultura de artes marciais de "Ba Gua Zhang", uma jovem dançarina chinesa abandona a violência em virtude da troca vital e da empatia cinética.

apariciones
apparitions

2018, United States, 12 min

Direção / Directed by: Carolina Caycedo

Coreografia / Choreography by: Marina Magalhães

Elenco / Dancing by: Marina Magalhães, Bianca Medina, Isis Avalos, Samad Raheem Guerr, Natali Micciche, José Richard Aviles, Celeste Tavares

Diretor de Fotografia / Cinematography by: David de Rozas

Edição / Edited by: Carolina Caycedo

 

Apariciones/Apparitions retrata dançarinos fantasmagóricos habitando um local histórico de Los Angeles, a Biblioteca de Huntington. Coreografado pela dançarina Marina Magalhães e dirigido pela artista visual Carolina Caycedo, a peça é centrada em corpos pretos e queers assombrando os espaços icônicos e tradicionais de Huntington, como o incrível Jardim de North Vista cheio de esculturas e a rara sala de leitura do prédio da biblioteca - em movimentos sensoriais inspirados pelos rituais espirituais de Oxum. O olhar dos dançarinos, ou fantasmas, responsabilizam o espectador, algo que muitas vezes falta na história e na arte.

Corra
Run

2018, Brasil, 4 min

Direção / Directed by: Diogo Angeli

Produção / Produced by: Cia Eclipse Cultura e Arte

Coreografia / Choreography by: Ricardo Cardoso (Kico Brown)

Apresentando / Featuring: Cia Eclipse Cultura e Arte

Elenco / Dancing by: Bruno Estevam, Daniel Victor, Hiago Ramos, Juliana Cruz, Klisman Rodrigues (7KBuck), Maicon Fidelis (Mk Buck), Marina Vieira Farias, Renan Augusto, Valdir Senhorinho, Wagner Pereira (Quepee), Wagner Silva (DeadBuck), Willian Bispo (Kiko), William Santos (Negresco Eclipse)

Música / Music composed by: O Guarani Maestro Carlos Gomes versão Família Lima (Overture)

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Jurssa Santos e Diogo Angeli

Edição / Edited by: Diogo Angeli

Esta obra artística flui no sentido de quebrar paradigmas do clássico romântico ao contemporâneo urbano. A cultura urbana, o jovem moderno, misturando e interagindo de forma íntima com a obra de Carlos Gomes, transcendendo o sentir e viver cada momento, exalando a música pelos poros dos intérpretes, tornando o popular-clássico e o clássico–popular, aproximando expressões artísticas que quase sempre são distanciadas pelos (pré) conceitos. O projeto além de um espetáculo para palco italiano, apresenta também 5 vídeodanças, com olhares singulares sobre a vida e obra do Maestro Carlos Gomes e atravessamentos imbricados nos corpos dos dançarinos urbanos da Cia Eclipse Cultura e Arte. Premiado PROAC Circulação Dança 2017, Secretaria Estado da Cultura. Homenagem ao Maestro Carlos Gomes, com trechos de suas óperas.

Mais
more

2013, USA, 6 min

Direção / Directed by: Daniel Beahm e Erika Randall Beahm

Produção / Produced by: Teahm Beahm

Coreografia e Elenco/ Choreography and Dancing by: Erika Randall

Música / Music composed by: Jonas Bendsen

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Daniel Beahm

Edição / Edited by: Jonas Bendsen

Figurino / Costume by:  Markas Henry 

 

As pressões de “produzir” tomam um novo significado após “jorrar leite” entre encontros vigorosos em banheiros de avião e postos de gasolina.

Metade exilada
half ousted

2018, Brasil, 7 min

Direção / Directed by: Lucas Alves, Michael Maia, Patrícia Meireles, Juliana Silveira

Coreografia / Choreography by: Jonathan Bahauss e Marina Lehmann

Apresentando / Featuring: Rascunho

Música / Music composed by: Max Lehmann e Portishead

Direção Artística / Art Direction by: Juliana Silveira

Edição / Edited by: Lucas Alves, Michael Maia e Patricia Meireles

Coordenadores de Projeto / Project Coordinators: Juliana Silveira e Mariana Procópio

 

Metade Exilada se ancora na noção de conflito para criar uma dramaturgia na qual as relações afetivas se apresentam como elemento cênico principal. As sensações de ausência, busca, solidão, encontro, hesitação e separação constituem um conjunto de afetos que intermediam a junção e o afastamento entre os corpos. O espaço cenográfico, uma usina desativada e sua maquinaria - se instala na cena como um ambiente carregado de uma atmosfera dramática que compõe e acentua a densidade da ação cênica.

Dinamite
dynamite

2018, United States, 7 min

Direção / Directed by: Leila Jarman

Coreografia e Elenco / Choreography and Dancing by: Maceo Paisley

Música / Music composed by: Michael Sempert

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Ariel Pomerantz

Edição / Edited by: Leila Jarman

 

Um pequeno e poético filme de arte performática/dança que investiga gênero e masculinidade - mais especificamente a experiência do homem negro americano- através do dever enraizado de encontrar espaços onde a identidade existe entre e em oposição às construções sociais. Esse filme nos guia pelo movimento narrativo, a palavra falada e o canto, que revela verdades sobre raça, gênero e sucesso em um cenário social que está em constante mudança.

Chimera

2016, França, 2 min

Direção / Directed by: Steven Briand

Produção / Produced by: Vast Be Mess

Coreografia / Choreography by: Cathy Ematchoua

Apresentando / Featuring: Cathy Ematchoua

Elenco / Dancing by: Aliaska HILSUM, Leonore ZURFLUH, Hajiba FAHMY, Dalila Cortes

Música / Music by: Phazz

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Kaname Onoyama

Edição / Edited by: Nadir Cassim

Inspirado pela mitologia grega, a Chimera apresenta performances de danças acrobáticas e movimentos caleidoscópicos altamente estéticos.

2ª Mostra de Vídeos - Sábado, 25 de maio, 20h

Sozinho em casa
home alone

2013, Israel, 2 min

Direção / Directed by: Adi Halfin

Produção / Produced by: Tamir Eting, Noam Eidelman, Adi Halfin

Apresentando / Featuring: Batsheva Dance Company Ensemble

Elenco / Dancing by: Tamir Eting, Noam Eidelman, Rani Lebzelter, Shane Scopatz, Mario Bermudez Gil, Eduard Turull, Keren Lurie-Pardes, Shani Licht, Ayelet Nadav, Mariko Kakizaki, Oz Shoshan, Gil Shachar, Or Schraiber, Maya Tamir, Shaked Leibzirers, Ron Matalon, Ori Kroll

Música / Music by: Locust

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Roman Linetsky

Edição / Edited by: Shahar Amarilio

 

Combinando coreografia com improvisação, uma companhia de jovens bailarinos cria uma atmosfera de "ausência dos pais" em um prédio abandonado.

Corpos de passagem
passing bodies

2018, Brasil, 5 min

Direção / Directed by: Osmar Zampieri

Produção / Produced by: Corpo Rastreado

Coreografia / Choreography by: Jorge Garcia, Osmar Zampieri, Willy Helm

Apresentando / Featuring: GRUPO GRUA Alexandre Magno, André Graça, Fernando Martins, Henrique Lima, Jerônimo Bittencourt, Jorge Garcia, Roberto Alencar, Osmar Zampieri

Elenco / Dancing by: Guest Dancers:Alyson Mendes, Bruno Peixoto, Fernando Lee, Fernando Oliveira, Flávio Lima, Lucas Delfino Sérgio Rocha, Wagner Cruz e Vitor Bassi.

Cineasta / Filmmaker: Osmar Zampieri

Operação de drone / Drone operation: Ricardo Yamamoto

Câmeras secundárias / Secondary cameras: Mariana Sucupira, Aluã Pereira, Felipe Barrocas

 

 

 

Um diálogo sensível anacrônico que se constrói na tensão do corpo interagindo com distintas espacialidades. Do Rio São Francisco aos espaços urbanos da cidade de São Paulo, homens experienciam nexos de afetos na busca de um espaço-tempo em conflito constante.

Mulheres nas cidades
women in cities

2017, USA, 2 min

Coreografia / Choreography by: Rosie Trump

Apresentando / Featuring: Rosie Trump | With or Without Dance

Elenco / Dancing by: Christina Carter, Abrie Parrish, Shelby Wilburn

Música / Music composed by: Kosta T

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Trisha French

Edição / Edited by: Rosie Trump

 

Três mulheres percorrem pressões internas e externas neste curta-metragem de dança que reúne mais de duas mil imagens fixas. Instantâneos cinéticos de torcer, articular e arremessar são interrompidos por micro-detenções gerando uma tensão passiva entre as mulheres. Referencia a série Men in Cities do artista visual Robert Longo e manifesta o movimento implícito em suas imagens.
 

Sol negro
black sun

2018, Brasil, 2 min

Produção e Direção / Produced and Directed by: Ciça Teivelis Meirelles

Coreografia e Elenco / Choreography and Dancing by: Ciça Teivelis Meirelles

Música / Music by: Caetano Veloso

Intérprete / Music performed by: Maria Bethânia e Gal Costa

Cineasta / Cinematography by: Ciça Teivelis​ Meirelles

4~

2018, Canadá, 14 min

Produção e direção / Produced and directed by: Rodrigo Rocha-Campos

Coreografia / Choreography by: Farouche Collective

Apresentando / Featuring: Farouche Collective

Elenco / Dancing by: Felicia Lau, Erika Mitsuhashi e Mahaila Patterson O'Brien

Música / Music by: Will Meadows

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Robert Riendeau

Edição / Edited by: Arlein Wharf Garcia

 

4 ~ é uma exploração de um mundo inicialmente marcado pela precisão de movimento e a falta de emoção. Estabelecido em um mundo minimalista carente de vida, 4 ~ se desenrola através da dança contemporânea, sons inquietantes e visuais surreais.

pequenos sonhos
little dreams

2015, Bélgica, 6 min

Direção / Directed by: Wilkie Branson

Coreografia / Choreography by: Wilkie Branson

Apresentando / Featuring: Wilkie Branson, Mariana Camiloti, Joêl Daniel, Femi Oyewole, Shantala Pépe, & Letitia Simpson

Música / Music by: Benji Bower & Kathleen Milton Fitzpatrick

Cineasta / Filmmaker: Wilkie Branson

Esta animação de dança sobre sonhos, aspirações e medos foi feita com mais de 4.000 personagens de corte de mão durante o período de um ano.

Sirène

2017, Brasil, 9 min

Produção e direção / Produced and directed by: Diogo Angeli

Coreografia / Choreography by: Bruno de Castro e Diogo Angeli

Elenco / Dancing by: Bruno de Castro e Angeli

Música / Music by: Diogo Angeli

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Diogo Angeli, Bruno de Castro, Beatriz Angeli e Luiz Henrique Borin

Edição / Edited by: Diogo Angeli

Uma videodança brasileira sobre gênero, natureza e sexualidade. O filme explora uma bela paisagem brasileira e a relação de dois personagens que dialogam com o espaço, a dança e a câmera construindo uma linguagem plástica e sensível.

lugares silenciosos
silent places

2013, Romania, 12 min

Direção / Directed by: Simona Deaconescu

Produção / Produced by: Anamaria Antoci

Coreografia / Choreography by: Simona Deaconescu

Apresentando / Featuring: TANGAJ DANCE

Elenco / Dancing by: Dragos Istvan Rosu, Razvan Stoian, Irina Stefan, Alexandra Balasoiu, Simona Deaconescu

Música / Music by: Tibor Cari

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Oleg Mutu RSC

Edição / Edited by: Codrin Iftodi

A câmera explode no coração da dança enquanto a música compete com a crueldade e a febre da guerra cotidiana.

ama

2018, França, 7 min

Direção / Directed by: Julie Gautier

Produção / Produced by: Spark Seeker, Les Films Engloutis

Coreografia / Choreography by: Ophélie Longuet

Elenco / Dancing by: Julie Gautier

Música / Music by: Ezio Bosso

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Jacques Ballard

Edição / Edited by: Jérôme Lozano

A chuva cai como tantas lágrimas em uma jovem vestida com um pequeno vestido preto. Mergulhamos em seus olhos enquanto mergulhamos em sua alma afogada pela tristeza. No fundo d’água, a mulher, deitada no chão, levanta-se suavemente e começa a dançar.

Mulheres de linhas
women's threads

2017, Brasil, 10 min

Direção / Directed by: Maria Fernanda Miranda, Paulo GC Miranda

Produção / Produced by: Mandra Filmes

Coreografia / Choreography by: Renata Lima

Apresentando / Featuring: Mulheres de Linhas

Elenco / Dancing by: Maria Fernanda Miranda, Tainá Barreto, Ladyjane Macedo

Música / Music by: Mestre Sebastião Rodrigues Pereira

Diretor de Fotografia / Cinematography by: Diego Zanotti

Edição / Edited by: Paulo GC Miranda

Nos cerrados das Gerais, em meio a árvores tortas, Ipês floridos e poeira flutuante, existe um universo feminino de fios criados e mantidos pelas mãos de mulheres de várias idades. Mundo de muitas mãos. Mundo dos tópicos. Mulheres de fios que, na fiação, tecelagem e bordados, com suas paisagens, teias, círculos, agulhas e teares, suas canções, criam embaraços vivos na forma de narrativas femininas e movimentos das mãos.

groggy grugg

2018, USA, 4 min

Produção e Direção / Produced and Directed by: Conor C. Long

Coreografia / Choreography by: Brianna Lopez

Apresentando / Featuring: University of Utah Screendance

Elenco / Dancing by: Grugg

Música / Music by: William Cannon

Cineasta / Cinematography by: Conor C. Long

Um curta-metragem em stop-motion de bonecos de argila sobre a terrível luta diária para sair da cama para aquela primeira deliciosa xícara de café.

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS!
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle