festival internacional
de videodança
sans souci - edição brasil

a edição BRASIL

A 2ª Edição Brasil exibirá, em sua maioria, videodanças de artistas brasileiros inscritos e selecionados para esta temporada e também vídeos presentes no arquivo do Sans Souci ou inscritos para a temporada regular do festival que acontece em Boulder, no Colorado (EUA). Além destas mostras dos trabalhos selecionados (incluindo uma mostra de vídeos infantojuvenil), teremos também oficinas, mesas redondas e palestras completando a programação. Todas estas atividades serão gratuitas, inclusive as inscrições de vídeos que se relacionem de alguma forma ao Brasil.

o SANS SOUCI

(traduzido e adaptado do site sanssoucifest.org)

o começo

Sans Souci (que significa "sem preocupação") foi concebido em um belo dia de primavera em 2003, quando Michelle Ellsworth e Brandi Mathis estavam sentadas na varanda de uma casa móvel de Marlette de 1967 no Sans Souci Trailer Park (Parque de Trailer de San Souci) em Boulder, Colorado, refletindo sobre os prazeres em ver e criar danças para a tela. Rapidamente, Boulder Museum of Contemporary Art – BMoCA (Museu de Arte Contemporânea de Boulder - MACB) e o Departamento de Teatro e Dança da Universidade do Colorado em Boulder, assim como os artistas Ana Baer e Hamel Bloom, deram suporte para transformar mera reflexão em um festival de vídeodança. O que foi imaginado inicialmente como um acervo informal de vídeos de dança de artistas locais projetados em um muro branco de um trailer, se tornou um festival internacional com inscrições do mundo todo.  

nossa visão

Nós vislumbramos um mundo onde a maioria das pessoas conhece videodança e muitas apreciam e aproveitam essa forma de arte. Um mundo em que artistas de todo lugar, podem ter seus trabalhos divulgados nas telas de cinema, assistidos, apreciados e de preferência pagos, principalmente os bailarinos.

missão

Nós temos uma dupla missão.

  1. Atrair, educar e entreter a audiência para essa forma de arte.

  2. Apoiar os artistas que criam trabalhos deste estilo de arte providenciando audiência para suas produções.

Procuramos cumprir nossa missão das seguintes maneiras:

  • Apoiar novos trabalhos que integram elementos de dança e cinema, para ambos, tanto experimentais quanto tradicionais.

  • Incentivar uma definição expansiva de dança e também a apreciação de formas altamente experimentais e interdisciplinares, incluindo trabalhos multimídias que incorporem performance ao vivo.

  • Esforçar-se para aumentar gradativamente o festival a cada ano, com aumento da qualidade dos filmes e um público maior e mais satisfeito.

  • Providenciar um fórum para a conversa em evolução entre dança e cinema – celebrando os dois e seu potencial de cruzamento.

  • Apresentar trabalhos em um ambiente profissional e tranquilo.

  • Levar os trabalhos dos artistas contribuintes, incluindo artistas locais, para um âmbito maior, de audiência nacional e internacional, através das Parcerias de Projeção do Sans Souci

  • Desenvolver na nossa audiência uma apreciação e apetite por videodança.

  • Providenciar suporte e feedback para nossos inscritos

a história em poucas palavras

Passados quinze anos de festivais anuais, o Sans Souci tem registro de 317 trabalhos aplicados por entorno de 200 artistas de países do mundo todo, incluindo: Alemanha, Armênia, Austrália, Bélgica, Canada, Coréia do Sul, Dinamarca, Escócia, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Hungria, México, Noruega, Portugal, Reino Unido, Suécia, Suíça e Turquia. Nossas turnês internacionais trouxeram trabalhos para a Alemanha (2007 e 2009), Espanha (2010), México (2004, 2006 e 2012), e Trindade e Tobago (2004).

destaques

  • 2004 – 1º festival anual no MACB. Turnê no México.

  • 2006 – Lançado o site official. Primeira performance de multimedia ao vivo. Turnê no Mexico.

  • 2007 – Iniciaram-se as inscrições online. Turnê na Germany.

  • 2008 – Eventos de turnê por Los Angeles, Califórnia e Texas.

  • 2009 – Nova parceria de espaço, Dairy Arts Center. Turnê in Germany.

  • 2010 – Premiação no ATLAS Black Box. Apresentou painel academic de cineastas de dança. Turnê na Espanha.

  • 2011 – Nova parceria de espaço, Canyon Theater. Turnê em Austin,Texas.

  • 2012 - Turnê no México.

  • 2013 –Slecionados 5 programas diferentes em 3 locais. Nova parceria de espaço, Boedecker Cinema.

  • 2014 – Novas Parcerias de Exibição em Missoula, Montama; Austin, Texas; Collegeville, Pensilvania. Turnê em Guatemala.

  • 2015 – Novas Parcerias de Exibição em Champaign, Illinois e Jackson Hole, Wyoming. Turnê em Middlesbrough, Reino Unido.

  • 2016 - Tour no Reino Unido e Trindade e Tobago. Novas Parceria de Exibição em Urbana, Illinois. Nova parceria de espaço, Lousiville Arts Center e Lafayette Public Library.

  • 2017 – Evento de premiação fundido com [UN]W.R.A.P. na Universidade do Colorado de Boulder, com apresentação de performances ao vivo pela WeCreate Productions e Joy French. Novas Parcerias de Exibição em San Marcos, Texas. Turnê em Middlesbrough, Reino Unido.

  • 2018 – Aniversário de 15 anos!! Tour em Roehampton, Reino Unido. Novas Parcerias de Exibição em San Antonio, Texas e Madison, Wisconsin. Destaque em duas conferencias regionais ACDA. Nova parceria de espaço, Firehouse Arts Center, primeiro a apresentar uma performance ao vivo em turnê (Life/Art Dance Ensemble). Mais está por vir!

diretores

Ana Baer – Diretora Artística, no nosso Concelho Administrativo

Michelle Bernier – Diretora Executiva

Hamel Bloom – Diretor Executivo Emérito

Heike Salzer – no nosso Conselho Administrativo

fundadores

Michelle Ellsworth – executor extraordinário; Associação de Professores de Dança; no nosso Conselho Administrativo

Brandi Mathis; curador extraordinário.

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS!
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle